::: Segunda-Feira, 22 de outubro de 2018.
 
Macapá
3,25
Santana
3,60
Manaus

3,80

Rio Branco
3.50
Belém
3.10
Porto Velho
3,80
Boa Vista
3,10
Palmas
2,95
Fonte : NTU

Inscreva-se e receba
informações de nosso site.
 Nome:
 E-mail:
Cadastrar
     Descadastrar
 
 

 

 

>>Notícias


 

21/01/2018


Após reclamações de passageiros, rodoviários recebem do MP curso sobre qualidade no atendimento

 

 proximadamente 250 trabalhadores rodoviários, entre motoristas e cobradores, participaram durante o mês de janeiro do II Workshop de Qualidade no Atendimento ao Cidadão, promovido pelo Ministério Público do Amapá (MP-AP).

 

Durante a programação, que ocorreu durante cada sexta-feira do mês, os funcionários de cinco empresas de ônibus receberam orientações de como tratar bem os usuários dos serviços de transporte. Os trabalhos aconteceram no prédio do Complexo Cidadão Zona Norte

A proposta da realização do curso se deu após várias denúncias que chegaram à Promotoria de Justiça dos Direitos Constitucionais (PJDC) acerca do mau atendimento dos trabalhadores. Dentre as principais reclamações dos usuários destacavam-se: excesso de velocidade dos veículos, desrespeito às pessoas com deficiência e idosos; acessibilidade precária dos veículos, “queima” de paradas.

O promotor de Justiça e titular da Promotoria, Paulo Celso Ramos, reuniu-se,em outubro de 2017, com os representantes das empresas de ônibus, Associação dos Deficientes Físicos do Amapá (ADEFAP), idosos e estudantes para tratar da matéria. O workshop foi desenvolvido em parceria com o o Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte – SEST/SENAT.

De acordo com Paulo Celso Ramos, os proprietários das empresas de transporte coletivo devem considerar os treinamentos realizados com os motoristas e cobradores como um verdadeiro investimento.

“Não é custo para as empresas, uma vez que ajudam a desenvolver habilidades de seus empregados e melhorar o tratamento dispensado pelos mesmos aos usuários. É preciso dar muita atenção à qualidade de vida daqueles que vivem diariamente essa rotina de trabalho estressante. Tenho certeza que a partir dessa premissa, o atendimento ao público pode melhorar”, acrescentou o promotor.

Ramos explicou que os rodoviários tiveram a oportunidade de compreender melhor alguns valores e princípios de vida, que os ajudam a se tornar aptos para exercer com mais qualidade suas atividades diárias, bem como foram orientados sobre suas atuações, direitos e responsabilidades.

“O desenvolvimento pessoal deve vir sempre acompanhado de motivação e disposição. Ingredientes que são considerados imprescindíveis para toda e qualquer profissão, da mais simples a mais complexa. O aprimoramento das pessoas estimula a multiplicação de lideranças e de conhecimentos na busca de um bem comum, bem como melhora as relações interpessoais”, ressaltou.

Foto de capa: ascom MP-AP



<<Voltar


 

 



Últimas Notícias

 

 

Veja todas as materias

 

<<Voltar


VT Setap © 2010 - Todos os Direitos Reservados