::: Domingo, 15 de julho de 2018.
 
Macapá
3,25
Santana
3,60
Manaus

3,80

Rio Branco
3.50
Belém
3.10
Porto Velho
3,80
Boa Vista
3,10
Palmas
2,95
Fonte : NTU

Inscreva-se e receba
informações de nosso site.
 Nome:
 E-mail:
Cadastrar
     Descadastrar
 
 

 

 

>>Notícias


 

31/01/2011


Dimensionamento de linhas de ônibus

Imagem

 

Tendo como objetivo oferecer ao órgão gestor um modelo de dimensionamento das linhas de ônibus que possa contribuir efetivamente para melhorar o Sistema de Transportes do Município, faço algumas considerações.

 

 

 

 

Este dimensionamento precisa ser adequado para atender as necessidades de locomoção dos habitantes de uma área ou região de tal forma que se atinja o equilíbrio entre a oferta de transporte e a demanda de passageiros.

 

 

 

 

 

Inicialmente devem ser conhecidos os locais para onde os habitantes da área ou região em estudo desejam ir nos seus deslocamentos diários. Em seguida, saber a demanda de passageiros que pretendem realizar esses deslocamentos; em que horários precisam ter acesso aos ônibus, itinerários usados ou possíveis de serem utilizados e a localização dos pontos de paradas.

 

 

 

 

 

Outros elementos importantes devem ser considerados, como o tempo de ciclo, tipo, capacidade de veículos e características do piso. Queremos ressaltar que os deslocamentos devam seguir itinerários adequados, atraídos pelos pólos geradores de demanda, com segurança para o tráfego dos ônibus e nível de qualidade aceito pelos passageiros.

 

 

 

 

 

O dimensionamento de linhas de ônibus é uma das tarefas essenciais do órgão gestor. Ele faz parte tanto do processo de planejamento da operação da rede de transporte coletivo como da programação e monitoramento operacional do serviço.   O produto principal do dimensionamento de uma linha de ônibus é o quadro de macha. Este irá fixar os intervalos entre veículos sucessivos para cada um dos períodos típicos da operação.

 

 

 

 

 

A partir do dimensionamento são estabelecidos os parâmetros operacionais que permitirão uma avaliação de desempenho da linha ou do Sistema de Transporte. Para se realizar com eficiência um dimensionamento de linha de ônibus é necessário a obtenção de dados básicos que serão utilizados para estudos técnicos, como: Oferta de serviço; Demanda de passageiros por período; Demanda de passageiros no trecho critico; Ocupação máxima; Índice de renovação; Número de partidas por período; Intervalo entre partidas; Tempo de viagem e tempo ciclo; Volume diário médio; Itinerário;  Tipo de peso e Características física dos veículos;

 

 

 

 

 

O plano operacional que é uma das partes do planejamento de Transportes do Município precisa avaliar alguns parâmetros como: especificação de oferta (Tecnologia e desempenho operacional) e demanda de passageiros (Horários, passageiros transportados e comportamento da demanda).

 

 

 

 

 

Os dados necessários para a analise da demanda são obtidos a partir de: Pesquisa da catraca e Pesquisa de embarque e desembarque (E/D). Nesta primeira parte estamos abordando de uma maneira teórica, e posteriormente falaremos na prática como funciona um dimensionamento de linha de ônibus.

 

 

 

Antônio Carlos Corrêa (Economista e Administrado
Diretor Administrativo do Setap




<<Voltar


 

 



Últimas Notícias

 

 

Veja todas as materias

 

<<Voltar


VT Setap © 2010 - Todos os Direitos Reservados